AO (RE) ENCONTRO DAS ALMAS SELVAGENS E LIVRES
Sexta-feira, 27 de Maio de 2005
O Amor...

unicornio.jpg

 

O Amor é como um Unicórnio...

Eterno...

Sensivel...

Leal...

E não existe...

 

Neste momento odeio-te Amor...

Por seres tão falso como o Judas...

Apoderas-te com falsas Juras...

Mas trazes em ti tanta dor...

 

Porque a mim só fazes de conta?

Não é já tempo de me deixares ser feliz?

Porque me fazes isto Amor?

 

Qual é o teu prazer em me fazer chorar?

Serás um sádico jogo de algum diabo?

Porque não me deixas então jogar?

 

Estou doente de ti Amor...

Já não consigo respirar...

Só queria que caisses para o lado e morresses

Por não permitires alguém me amar...

 

Estou doente e farta de ti,

Farta de ti Amor.



publicado por marisa.moreno às 02:12
link do post | comentar | favorito
|

SUPER BLOG AWARDS
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

Lobos, Bruxas e Lua Cheia...

Se me morres.

Vinho e comprimidos... (A...

...

Collapsing...

De novo...

Meu.

And the end is near.

Morno...

Big.

arquivos

Maio 2010

Março 2010

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Dezembro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

mais sobre mim
BLOG ANTIGO
DESDE 15 / 05 / 2008
favoritos

Redoma Transparente

subscrever feeds
blogs SAPO