AO (RE) ENCONTRO DAS ALMAS SELVAGENS E LIVRES
Sábado, 30 de Julho de 2005
O Narciso Ferido e a Tulipa Selvagem.

O narciso e a tulipa.JPG A Túlipa Selvagem, que só por ser uma túlipa, pensa ser perfeita e é daquelas que nem se chateia muito a ter que provar seja a quem fôr se o é ou não...até porque ela tem a certeza absoluta que o é...e que quem isso não vê...só pode ser flor de estufa. Na sua falsa simpatia daqueles dias em que acorda bem humorada, olha um dia o Narciso, daqueles que nunca lhe interessaram nem para meter uma comum conversa... Daqueles que ela considerava não poder ter um diálogo profundo...daqueles que ela convictamente assegurava que não entenderiam nunca a sua rebeldia e a confundiriam com intenções de senso comum, isto se sequer entendessem as palavras de doze tostões que ela usava... E sabendo isto, que afinal até é o que todos pensam, "desceu" do seu pedestal, como se lhe estivesse a oferecer o prazer da sua voz e companhia e aborda-o com toda a sua razão...interrogando-o em tom irónico... " Se te amas tanto, Narciso, porque estás tão triste? " O Narciso, que por ser Narciso, ama a sua futilidade de se ver perfeito, e mais que isso, é um perfeccionista..e quem não fôr como ele nem lhe interessa conhecer... Retórica e indiferentemente, porque concerteza também acordou num dia positivo, considera que lhe deve responder...E sem nada revelar de si...nunca...sem desviar o olhar do ponto fixo da parede...diz... "E tu, Túlipa, se és tão bela como dizem, porque estás só? " A Túlipa, porque é selvagem, atira-lhe as palavras em catadupa Porque só assim sabe reagir a quem não lhe diz o que quer ouvir... "Pelo menos, Narciso, eu sou feliz...e estou só por opção...talvez seja bela como dizem...mas não passo todo o tempo ao espelho a ver se o sou ou não... e depois, a tua triteza vê-se nos teus olhos...e depois olhei-te a alma...e depois, se me respondes...mesmo nessa calma agressiva...é porque me viste...talvez tenhas visto em mim essa beleza que estás habituado a pensar que só tu tens..." O Narciso na sua serenidade de falsa e fútil perfeição, olha-a...só para a agradar e não ter mais que a ouvir...sorri amareladamente e responde... " Sim, és bela...mas não tanto como eu, e em ti nada invejo. A minha tristeza é a minha mais valia, se não o fosse nem sequer te atreverias a aproximar de mim, estou errado?



publicado por marisa.moreno às 03:26
link do post | comentar | favorito
|

6 comentários:
De Passo a 4 de Agosto de 2005 às 10:17
aguarda-mos a continuacao :) .. beijos


De copilota a 3 de Agosto de 2005 às 23:01
Lindo como sempre, espero que encontres em breve um grande amor! Ele Existe! um beijo


De sani a 2 de Agosto de 2005 às 15:45
Lindo como sempre!!
Tenho andado a meio gás!!
Vou de férias!!Até Setembro!Boas férias e um grande beijo!
Sani Açoreana


De Passo a 1 de Agosto de 2005 às 09:36
:) aguardemos, placida e serenamente pelo desfexo :)


De tatooblue a 1 de Agosto de 2005 às 03:45
é mais uma prova de que os opostos se atraem:

Pensando bem,
Em tudo o que a gente vê e vivência
Ouve e pensa
Não existe uma pessoa certa para nós
Existe uma pessoa
Que se tu parares para pensar
É, na verdade, a pessoa errada.
Porque a pessoa certa
Faz tudo certinho
Chega na hora certa,
Diz as coisas certas,
Faz as coisas certas,
Mas nem sempre nós precisamos das coisas certas.
Então é hora de procurar a pessoa errada.
A pessoa errada faz-te perder a cabeça
Fazer loucuras
Perder nas horas
Morrer de amor
A pessoa errada vai ficar um dia sem te procurar
Que é para na hora que vocês se encontrarem
A entrega ser muito mais verdadeira.
A pessoa errada é, na verdade, aquilo nós chamamos pessoa certa
Essa pessoa vai te fazer chorar
Mas uma hora depois vai estar enxugando as tuas lágrimas
Essa pessoa vai te tirar o sono
Mas vai te dar em troca uma noite de amor inesquecível
Essa pessoa talvez te magoe

Mas depois te enche de mimos pedindo o teu perdão
Essa pessoa pode não estar 100% do tempo ao teu lado
Mas vai estar 100% da vida dela esperando por ti
Vai estar todo o tempo pensando em ti
A pessoa errada tem que aparecer para todo a gente
Porque a vida não é certa
Nada aqui é certo
O que é certo mesmo é que temos que viver
Cada momento
Cada segundo
Amando, sorrindo, chorando, se emocionando, pensando, agindo,
querendo,conseguindo
E só assim.
É possível chegar àquele momento do dia
Em que a gente diz: "Graças à Deus tudo deu certo"
Quando na verdade
Tudo o que ele quer
É que nós encontremos a pessoa errada
Para que as coisas comecem realmente a funcionar para nós...


De mocho a 31 de Julho de 2005 às 20:05
Fico à espera da 2ª parte mas veio-me à ideia que, por muito que façamos, por muito que sejamos, por muito que queiramos, estamos sempre insatisfeitos. O culto da perfeição e da ambição leva-nos a não disfrutar, por vezes, das coisas simples mas importantes e fundamentais...


Comentar post

SUPER BLOG AWARDS
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

Lobos, Bruxas e Lua Cheia...

Se me morres.

Vinho e comprimidos... (A...

...

Collapsing...

De novo...

Meu.

And the end is near.

Morno...

Big.

arquivos

Maio 2010

Março 2010

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Dezembro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

mais sobre mim
BLOG ANTIGO
DESDE 15 / 05 / 2008
favoritos

Redoma Transparente

subscrever feeds
blogs SAPO